Eu tenho compulsão alimentar e posso sentir-me livre

Eu tenho compulsão alimentar e posso sentir-me livre

Compulsão alimentar não se trata !

eu tenho compulsão alimentar desde sempre!

Mas só aos 38 anos comecei a perceber, aos 40 a aceitar!

Nunca é tarde!

aprendo a viver com ela ao meu lado, lado a lado com uma amiga, assim consigo olhá-la , observá-la e controlada.

atrás de mim cansa-me desgasta- me adoece -me, à minha frente consome me, destrói -me!

A compulsão não passa pelo acto de comer e sim como se come e o porquê de comer?

A compulsão como outra adição adoece emocionalmente e, 

 Trazê-la ao meu lado foi e sempre será um trabalho diário quando digo que está controlada é porque estou atenta ao que pode desencadear períodos de compulsão. Hoje sei que o stress as percas  a tristeza a comparação a ingratidão pode desencadear  um período de compulsão. E vicioso!

Porque se hoje o motivo de comer é algo do que já referi, amanhã será pq estou triste porque ontem ter comido como se não houvesse amanhã e a tristeza torna se maior, a frustração que acompanha a tristeza também!

E a seguir a sensação de incapacidade perante a comida! A inferioridade impõe-se e torna-se monstruosa!

O desgosto de mais uma falha!

A inferioridade perante os outros !

As frases de que se é gordo porque se quer!

Te-lá ao lado faz com que a obeserve de igual para igual! Sem obseccao!

Sem ser escrava!

Não é um comprimido que tenha tomado, não foi de um dia para o outro é uma forma diária que se aprende a conviver onde a base é aceitar que tenho esse “problema “, esse desafio diário!

Desde que esteja de bem com a vida , que nem sempre é possível,

não nego que entretanto já tive períodos de compulsão, aqui a única diferença é que sabia o que se estava a passar e mais rápido foi o acto de parar!

Mas estar atenta é a melhor fórmula !



Cartas Para Ti

RECEBE CARTAS PARA TI, GRATUITAMENTE, QUE IRÃO NUTRIR TEU ESTADO EMOCIONAL.​

Vão ser desde pensamentos, A exercícios que te façam conectar mente e corpo! Não te irão transformar, a intenção é mais .... Passa por te acarinhar, E fazer lembrar que tu existes e que mereces o que desejas! Esquecemos-nos muitas vezes disso! Cartas para ti, É uma forma de te relacionares melhor contigo mesma! Criares uma relação de amor e cumplicidade contigo!​