fbpx

Sou eu!

Sou eu!

 

Sou eu em várias versões 

Durante todos estes anos, perdi a conta às dietas que fiz.

Às vezes que me senti uma falhada por não ser o que era suposto ser pela maioria e pelo que a minha cabeça dizia.

É verdade não faço parte dos ditos padrões normais e não há mal nenhum nisso e continua a estar tudo bem.

Fui Escrava de dietas, como da balança .

Hoje sou a minha melhor nutricionista sei perfeitamente o que me nutre, 

Mais que alimentação procuro sempre opções que melhor me nutram,

Procuro equilíbrio. Em vez de imagem ou peso.

Mas mais que isso aprendi a viver com distúrbios alimentares de uma forma mais tranquila.

Faço escolhas alimentares saudáveis, não faço dieta.

Faço escolhas de me exercitar. Coisas simples como subir escadas, andar a pé em vez de ir de carro.

Na realidade após tantos anos deste ciclo vicioso …. quando estive mais magra foi quando exactamente fui mais infeliz!

Foi essa infelicidade que me fez ir a minha procura e entender que mais que uma dieta, peso, balanças, eu precisava de equilíbrio.

Se os distúrbios passaram?

Não!

Aprendo a viver com eles com persistência, amor próprio, auto-estima…

Se acho que está tudo certo com o meu corpo?

Não , não acho!

Mas está tudo bem,

Pois todos os dias posso fazer algo para melhorar e continua a estar tudo bem!